Snake & Snail

CRÓNICA, 32

O ALIENÍGENA Estava a ver/ouvir Sócrates na RTP1. Três coisas fundamentais. Primeira: as polícias devem ser tratadas com uma preocupação especial. Porque são o garante de segurança (e liberdade). Não são o funcionalismo público normal. Como funcionário público aceito isso... | >>>>>

CRÓNICA, 31

3 DICAS DEMOCRÁTICAS 1. Gosto da democracia fluida, polimorfa, constante. Acho interessante quando as pessoas interrompem a profissão por um tempo e vão ocupar um cargo público e, depois, regressam à profissão. De seguida, por exemplo, militam numa associação ou... | >>>>>

CRÓNICA 30

Manuel Clemente diz que os direitos das minorias podem ser referendados e diz que as famílias constituídas por casais do mesmo sexo e crianças não são famílias e que devem ter outro nome e desigualdade legal. Não acredito que não... | >>>>>

CRÓNICA, 29

QUAL APARECEU PRIMEIRO, O OVO OU A SERPENTE? O truque até é bem simples. 1º – Apanhar boleia da “crise”. A crise seria o resultado de décadas de modelo europeu, de estado social, de “socialismo”, e de todas as agendas... | >>>>>

CRÓNICA 28

Oh my dog! Tinha começado a pensar ter um cão. Uma amiga ouviu-me pensar alto e propôs-me a adoção de um. Primeiro seduziu-me mas, logo de seguida, esfriei e desisti. Isso aconteceu quando percebi que o cão já tinha nome... | >>>>>

CRÓNICA 27

O continuum* Tenho esperança que a crescente mobilização internacional das pessoas intersexo venha a ter o efeito que, antes, outros movimentos de minorias tiveram: ajudar a mudar a forma como as maiorias se vêem a si mesmas e à condição... | >>>>>

CRÓNICA 26

How very queer Acho errado cientificamente (porque não distingue) – e perigoso politicamente – submeter à mesma lente crítica as classificações identitárias feitas pelo poder (legal, científico, de hegemonia cultural, etc.) e as classificações auto-identitárias para efeitos de resistência. Mas... | >>>>>

CRÓNICA 25

O mínimo que podemos fazer (Público, 16 julho 2013) Todos conhecemos a distância que vai das leis à sua aplicação. Todos sabemos, também, a distância que vai das leis, e da sua aplicação, à interiorização do seu espírito – a... | >>>>>

ARQUIVO | archive