Blog

Nunca pensei vir a concordar com Santana Lopes:

«O social-democrata Pedro Santana Lopes abandonou ontem uma entrevista que estava a dar à SIC Notícias sobre as eleições do PSD depois da sua intervenção ter sido interrompida por um directo sobre a chegada de José Mourinho a Lisboa. “Eu vim aqui com sacrifício pessoal, e sou interrompido por um treinador de futebol… Acho que o país está doido”, afirmou Santana Lopes, antes de sair dos estúdios.» (Público online)

This Post Has 2 Comments

  1. cvt diz:

    Independentemente das 2as intenções (afinal SL é tudo menos ‘isento’ em relação à bola…) ele tem razão e fez bem. Mas os média têm sempre uma maneira rasteira de justificar as suas opções editoriais e condicionar o protagonismo político.

  2. Luísa diz:

    idem. o editor da sic notícias prestou declarações no sentido de a interrupção ser normal e acusou SL de querer protagonismo. pela 1ª vez o protagonismo ficou-lhe bem. e era uma boa oportunidade p se reflectir sobre a normalidade dos formatos e modus operandi dos alinhamentos editoriais televisivos, em particular, dos “directos”, q na maioria das vezes não são notícia, têm somente a função de não deixar despegar as audiências do écrã, oferecendo-lhes a sensação de estarem “em contacto com a realidade”. prestidigitações, ou isso.

Leave A Reply