Blog

Em jeito profético

Até há muito pouco tempo (dias?) dizia-se “se a Espanha cair…”. Agora pergunta-se “quando é que a Espanha cai?” É esta a voralocidade, a voracidade e a velocidade da crise. Quando a Espanha cair, não cairá com um guincho ou um murmúrio à portuguesa. Cairá com um estrondo, como se fosse um desses elefantes caçados pelo rei Juan Carlos. E o ratinho português, que assustou temporariamente o resto das Espanhas que pensavam ao seu mal escapar, será então inevitavelmente esmagado pelo paquiderme. Preso o elefante por uma corda aos domadores de circo de além-Pirinéus, a queda do bicho ainda os arrastará pelo chão, comendo o pó que antes pisavam.

Ah, como gostaria de estar enganado.

This Post Has 0 Comments

Leave A Reply