ARQUIVO | archive

CRÓNICA 57

#YouToo? As campanhas americanas de moralização dos comportamentos – daqueles que revelam desigualdades e opressões – tendem muitas vezes a resvalar para o moralismo e a caça às bruxas em nome da liberdade? Sim. As reações francesas aos movimentos igualitários,…

ANO NOVO EM REDE

ANO NOVO EM REDE No anos noventa escrevia uma crónica semanal, aos domingos, no Público. Era o tempo, ainda, dos jornais – e das “crónicas”. Entre o tempo dos jornais e das crónicas, e o tempo dos blogues, e tendo…

A SEMANA (5 janeiro 2018)

POLÍTICA 1 – Do caso do financiamento dos partidos sai toda a gente mal. E sai a demagogia anti-partidos reforçada. Não foi ele quem começou, é certo, mas na trapalhada incluo o Presidente. 2 – O texto de Helena Roseta…

CRÓNICA 56

O TRUQUE E A ESPARRELA Durante muito tempo, os sectores mais conservadores, sobretudo ligados ao pensamento da igreja católica, afirmavam que a diferença sexual, da ordem da natureza, era determinante e suficiente para definir os destinos de homens e mulheres…

CRÓNICA 55

OS NOSSOS NEGROS A sociedade americana e os seus criadores têm refletido tanto (e tão bem) sobre o racismo ou a herança da Escravatura, que em países onde tal não é feito – como Portugal – muita gente identifica racismo…

CRÓNICA 54

COM QUE SONHAM “ELES”? Tentar pensar como “eles”. Sem lhes atribuir malevolência. Imaginar-me um “deles”. Com que sonham? Creio que sonham com um mundo feito de estados com fronteiras bem definidas e vigiadas. Cada estado seria uma unidade perfeita. Dentro…

CRÓNICA 53

De abril a janeiro e sempre Ontem morreu Mário Soares. É todo um ciclo da nossa História que simbolicamente se encerra, o da nossa construção democrática, descolonizadora, e europeísta. E hoje faz 7 anos que o Parlamento aprovou a igualdade…

CRÓNICA 52

POLITICAMENTE CORRETO? SIM, TENTO. Há muitos, muitos anos – mas não numa galáxia distante, acho – deliciei-me a ler um livrinho intitulado “Contos de Fadas Politicamente Corretos”. Deliciei-me porque eu próprio era – e sou – adepto, por escolha ética,…

CRÓNICA 51

IMAGINEMOS POR UM MOMENTO QUE TUDO ACONTECEU AO CONTRÁRIO No Egito antigo desenvolveram-se escolas de filosofia que inauguraram um certo tipo de racionalidade, bem como práticas políticas que fizeram com que mais tarde se chamasse àquela região o “berço da…

“Café Luanda”

Na Galeria do site e no Facebook, os álbuns com as brincadeiras com jornais feitas nos últimos anos, ao pequeno-almoço num café. Álbum “Café Luanda 1“. Álbum “Café Luanda 2“.

CRÓNICA 50

ORLANDO: 10 POSTS IRADOS + 1 DE ALÍVIO em  24 HORAS 10 DUPLA CONSCIÊNCIA (OU: DE COMO A PALAVRA HOMOFOBIA DESAPARECE EM CERTO DISCURSO MEDIÁTICO E POLÍTICO SOBRE ORLANDO E NO ENTANTO EU OIÇO-A AOS GRITOS) “It is a peculiar…

CRÓNICA 49

GUIDELINES FOR FOREIGNERS This is for my foreign friends who don’t seem to have a clue. Were I to rent my apartment on Airbnb and I’d have this printed out for the guests: Portugal isn’t Spain (this could actually be…

CRÓNICA 48

A GERINGONÇA Depois de 4 anos de um governo de coligação da direita que aplicou, com excesso de zelo e perverso prazer neoliberal, a política de austeridade imposta pelo FMI, o BCE e a Comissão Europeia (a “Troika”), o principal…

CRÓNICA 47

O PAÍS DOS MEUS PAIS O meu país não é feito só de portugueses “de gema”. Desde logo porque eles são, na realidade (e como em todo o mundo), uma belíssima sobreposição de camadas, misturando gente mediterrânica com celtas e…

CRÓNICA 46

Rir e não rir no Rio Não sou nada turista. Quando visito uma cidade prefiro estar com pessoas locais e seguir-lhes a vida banal. Mesmo quando tenho de ficar em hotel, tento fazê-lo. Invento uma rotina – a fingir, claro:…

CRÓNICA 45

Bachi Bazi É muito comum ouvir falar elogiosamente da “homossexualidade na Grécia Antiga” a quem dá os primeiros passos na (auto)aceitação da homossexualidade – e mesmo a certo tipo de jornalismo ou de academia menos preparados. O tema faz-me sempre…

CRÓNICA 44

Antropocêntrico? Há dias fiz um daqueles questionários/testes sobre orientação política. Achei curioso que, além das categorias habituais (economia, peso do estado, “costumes”) aparecesse também uma relacionada com maior ou menor antropocentrismo – sobre questões ambientais em geral, é certo, mas…

CRÓNICA 43

AOS MEUS QUERIDOS CROMOS ARMARIADOS E SELF-HATING Há o caso clássico do gay armariado que quer manter as aparências perante as velhas tias católicas e subscreve imaginários aristocráticos e monárquicos, junto com o voto, quando não a militância, na direita…

CRÓNICA 42

A MARGEM NO CENTRO Muitas vezes são as “margens” que iluminam o “centro”*. As questões de género e sexualidade são vistas pelo senso comum político como específicas e secundárias. Mas não são. São mesmo centrais, pelo que mobilizam, no pensamento…

CRÓNICA 41

THAT STRANGE 1940s FEELING Tive de sair do ginásio sem tomar banho nem mudar de roupa. A conversa entre 3 fulanos trintões era insuportável. Sobre refugiados. De primeiro-ministro húngaro para baixo. Assustadoramente de forma não entusiasmada. Como se tudo fosse…